Delta das Americas - O Portal dos Lençóis Maranhense

Alcântara: tricentenária e tecnológica

Atos cívicos e religiosos e manifestações culturais, com direito a entretenimento popular marcaram as comemorações dos 373 anos de fundação de Alcântara. A programação, presidida pelo prefeito Padre William, estendeu-se por todo o dia 22 de dezembro, data da fundação do sítio em 1648. Personalidades políticas prestigiaram os eventos.

O prefeito e o vice Nivaldo Araújo recepcionaram os deputados federais Josimar Maranhãozinho e Pastor Gil e os estaduais Hélio Soares, Roberto Costa e Detinha, esposa de Josimar. Todos exaltaram a administração alcantarenses e confessaram sua satisfação em serem parceiros de uma gestão que “põe sorriso de felicidade na face do povo”.


Discursos – No pronunciamento mais longo, Josimar fez um balanço dos recursos conseguidos por ele e pelo pastor, junto aos órgãos públicos federais, em Brasília, para financiar o plano de metas do prefeito William. Enumerou obras e serviços nas áreas de Saúde, Educação, entre outros, que somam, até aqui, mais de R$ 10 milhões. E garantiu novas emendas para 2022.


Detinha, Roberto Costa e Hélio Soares, pela atuação na Assembleia Legislativa, também anunciaram recursos que transformarão o município em um canteiro de obras. Elogiaram a aplicação inteligente das verbas que têm destinado à administração alcantarense e enalteceram a experiência do gestor (William já foi prefeito de Santa Helena e Guimarães).


Reconhecimento – O prefeito agradeceu pelo reconhecimento das visitas ilustres e da população. Falou do passado grandioso de Alcântara e admitiu que essa grandiosidade retornará nos tempos modernos: “Alcântara teve dias melhores e voltará a tê-los”, desafiou. E despertou o orgulho da população: “Cada morador deve cuidar do que a terra tem”.


Sobre a experiência reunida ao longo de sua vida pública, disse que a trajetória tem sido de grande valia para organizar prioridades e conduzir metas, com foco na inclusão social e no desenvolvimento regional integrado. Disse ser possível explorar racionalmente o potencial da terra e do povo para consolidar o progresso físico e o bem-estar social. Exaltou a união dos poderes e o papel da juventude no futuro do município.


Eventos – Pela manhã cumpriu-se o hasteamento das bandeiras (com interpretação do hino de Alcântara),culto ecumênico, homenagem especial pelos alunos da Escola de Música “Josias Ribeiro Tavares” e manifestações culturais de origem afro. A participação popular deu brilho especial ao roteiro e mostrou a tradição da terra na preservação de seus costumes.


A segunda etapa da programação começou com a cerimônia de encerramento da Copa Quilombola e a premiação dos grupos mais destacados. O incentivo ao esporte tem sido programação social inclusiva, com o intuito de atrair a atenção de adolescentes e interessados pelas atividades para as culturas saudáveis.


Na sequência, aconteceram apresentações musicais a cargo de Arautos do Rei, Alcantaraz, Swing do Arrocha, Barba Branca, Sly Fox, Guto Ximennes, Andson Mendonça e o DJ Gui Barros animando os intervalos. Os eventos, na Praça da Matriz, atraíram grande público e a festa, com aprovação das autoridades, transcorreu durante a madrugada até o amanhecer.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*